Estatuto

No dia 6 de fevereiro de 2019, em Brasília, aconteceu a assembleia de fundação do Observatório Nacional dos Direitos à Água e ao Saneamento – ONDAS. Na ocasião, foi aprovado seu estatuto.

Segundo o documento, o ONDAS tem como princípios a defesa do saneamento básico e do acesso à água como direito social e da função do Estado na sua promoção; construção e fortalecimento da prestação dos serviços de saneamento de natureza pública, baseada nos princípios de solidariedade, equidade, universalidade, integralidade com participação, controle social e a produção de pensamento crítico socialmente referenciado sobre saneamento básico.

As principais diretrizes do ONDAS são defender o direito ao saneamento, o meio ambiente equilibrado e contestar projetos de privatização dos serviços públicos de saneamento básico nas diversas modalidades; defender as instituições responsáveis pela política pública de saneamento básico no Brasil, garantindo-se a capacidade institucional, os investimentos, o aperfeiçoamento e a ampliação do marco legal, da prestação de serviços e do controle social; fortalecer os processos de elaboração dos Planos Municipais de Saneamento Básico, com participação social e democrática.

Veja o Estatuto do ONDAS

Clique na imagem ao lado para visualizar ou fazer download do estatuto do ONDAS em PDF.