Nota de falecimento: Sávio Mourão Henrique

 

 

 

 

 

 

Com muito pesar, comunicamos que já não está entre nós o companheiro Sávio Mourão Henrique, nosso associado e membro ativo dos trabalhos que o ONDAS vem desenvolvendo em São Paulo, principalmente os relacionados à garantia do acesso à água e ao saneamento às populações em processo de vulnerabilidade.

Sávio tinha 40 anos e sofreu um mal súbito em 28/2/21, provavelmente de origem cardiológica. Fez seu mestrado na UFABC e sua dissertação sobre as incongruências da forma como se remuneram os serviços de saneamento recebeu importante premiação! Desenvolveu trabalho numa ONG que ajudava comunidades carentes no enfrentamento da Covid 19 e ajudou a viabilizar 25 mil atendimentos através de telemedicina nessas comunidades. Atualmente estava fazendo doutorado na UFABC e era o representante da FNU no Conselho de Orientação de Saneamento da Arsesp – Agência Reguladora de Serviços Públicos do Estado de São Paulo.

Seu trabalho vai deixar marcas e vai fazer falta. Sua alegria contagiante vai ficar na memória daqueles que tiveram o privilégio de conviver com ele.
SÁVIO PRESENTE!

Compartilhe nas Redes

14 comentários em “Nota de falecimento: Sávio Mourão Henrique”

  1. Igor Gleb (pela APAR)

    A APAR-SP (Associação dos profissionais de regulação) manifesta o pesar de seus associados pela partida precoce de Sávio, ser humano maravilhoso e técnico competentíssimo!
    Que sua bondade inspire a todos nós!

    1. Lamento a perda! No pouco que convivi com ele (apenas duas reuniões no COSB), já demonstrou sua capacidade, competência, clareza e inteligência em abordar os temas na defesa do saneamento. Meus sentimentos à familia.
      Luiz Cavani

  2. Lamento a perda !
    No pouco que convivi com ele ( foram apenas duas reuniões no COSB), já demonstrou sua capacidade, competência, inteligência e clareza na defesa do saneamento. À família, meus sentimentos. Luiz Cavani

  3. Grande técnico e especialista em políticas públicas de água e energia. Jovem idealista, brilhante. Um amigo com quem pude trocar bons momentos pensando o futuro dos mais vulneráveis. Nos deixa órfãos num momento de tristeza e desesperança com os desatinos da política de saúde no país.
    Seja onde for trará sempre aquele sorriso enorme e generoso.

  4. Marcelo Dino Fraccaro

    Muito triste com a notícia. Sávio contribuiu conosco em Santo André com os debates e propostas de nossa campanha à vereador em 2020 nos temas águas e meio ambiente. Passei a admirar seu trabalho e sua pessoa. Meus sinceros sentimentos aos familiares e amigos.

  5. Realmente uma grande perda, fiquei sabendo há pouco. Deixo meus sentimentos e de toda equipe da UGP/SSE – SP(trabalhamos juntos e pude aprender muito com o risonho e profissional professor Sávio), aos familiares e amigos e admiradores deste ser iluminado.

  6. Estou perplexo, triste e desanimado. Trabalhamos juntos durante três anos em um projeto relacionado aos mananciais da Região Metropolitana de São Paulo. Ele mostrou-se especialmente dedicado, tecnicamente competentíssimo, sempre alegre, de bom humor, com disposição permanente para as discussões com organizações públicas e da sociedade civil. Tornamo-nos amigos. Uma perda dolorida.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *